O curso de mestrado do PPGMC começou a funcionar a partir do segundo semestre de 2006. O mesmo foi caracterizado originalmente como um curso interdisciplinar devido a formação distinta de seus professores, a qual incluía doutores em engenharia, matemática, física, computação e oceanografia e o público alvo que buscava atender, suprindo uma demanda por um curso de mestrado que pudesse ter como ingressos graduados oriundos dos cursos de engenharias mecânica, civil e computação, matemática e física da FURG, bem como cursos de áreas correlatas de outras universidades da região.

Apesar da diversidade do corpo docente, a linha de ação que unia todos os pesquisadores é a computação científica, a qual era o foco de estudos de parte dos docentes, principalmente o grupo de computação, e uma ferramenta fundamental na pesquisas dos demais, justificando assim a criação de um programa de pós graduação interdisciplinar tendo como área de concentração a modelagem computacional.


Originalmente, o programa foi concebido com duas linhas de pesquisa:


Modelagem física e matemática: estudo de sistemas com comportamento não-linear, com aplicações a ciência e engenharia, tais como no estudo de sistemas gravitacionais, problemas inversos, fenômenos de transporte, etc.

Simulação numérica e métodos computacionais: desenvolvimento de modelos computacionais em diversas áreas da ciência e engenharia e aplicação de técnicas de processamento de alto desempenho e simulação.

Estas duas linhas de pesquisa mantiveram-se nesta configuração até 2009 quando, devido ao crescimento do corpo docente, o programa foi reformulado com três novas linhas de pesquisa, que são:

Computação científica e modelagem física e matemática: estudo de modelos físicos e matemáticos capazes de descrever sistemas complexos com comportamento não-linear, com aplicações a ciência e engenharia. Também é realizado nesta linha de pesquisa estudos sobre o desenvolvimento de técnicas modernas de computação de alto desempenho e visualização científica.

Modelagem de fluidos geofísicos e fenômenos de transporte: estudo dos fenômenos evolutivos e adaptativos associados a Modelagem de Fluidos e Fenômenos de Transporte com ênfase em problemas de circulação oceânica e atmosférica, dispersão de poluentes, termodinâmica e transporte de resina em meios porosos.

Modelagem de sistemas robóticos e autônomos: estudo de sistemas de percepção, tomada de decisão, controle e acionamento, estudo de técnicas de tratamento, filtragem e previsão de sinais em sistemas dinâmicos, controle robusto e estocástico, computação embarcada, visão e inteligência de máquina.


Recentemente, com a inserção de recursos financeiros e o aumento significativo do número de docentes da FURG, reflexos do REUNI, começaram a surgir junto a universidade vários outros programas de pós-graduação em áreas que originalmente eram atendidas apenas pelo PPGMC. Como efeito deste crescimento, houve novamente uma mudança importante do quadro de docentes do PPGMC o que está proporcionando o programa a mais uma reestruturação das suas linhas de pesquisa. Atualmente o programa está sendo reorganizado com base em três novas linhas de pesquisa:

Mecânica Computacional: esta linha de pesquisa tem como principal foco a abordagem numérica de problemas de engenharia relacionados à mecânica dos fluidos, transferência de calor e mecânica dos sólidos. Entre os objetivos, visa obter recomendações para problemas de engenharia, como o dimensionamento de dispositivos empregados para conversão de energias renováveis em energia elétrica, processos de fabricação, análise estrutural, simulação de arranjos complexos de artefatos, tais como aletas, trocadores de calor, entre outros. A otimização geométrica dos diversos sistemas de engenharia mencionados e o estudo de fenomenologias complexas também são estudados numericamente.

Modelagem de Fenômenos Geofísicos: estudo dos fenômenos evolutivos e adaptativos associados à Modelagem de Fluidos e Fenômenos de Transporte com ênfase em problemas de circulação oceânica e atmosférica e dispersão de poluentes.

Computação Científica e Modelagem Física, Matemática e Estatística: estudo e desenvolvimento de metodologias numéricas e analíticas relacionadas à Modelagem Computacional, atuando no desenvolvimento de abordagens para modelos físicos e matemáticos capazes de promover a descrição e análise de sistemas complexos, com aplicações em ciência e engenharia: otimização, problemas inversos, modelos estocásticos, modelagem, processamento e análise de dados científicos. Tem como meta promover a interação sinergética de diferentes domínios do conhecimento, provendo ferramentas para investigar fenômenos complexos que, até recentemente, não poderiam ser tratados dentro do domínio estrito das disciplinas estabelecidas.


Estudo e desenvolvimento de metodologias numéricas e analíticas relacionadas à Modelagem Computacional, atuando no desenvolvimento de abordagens para modelos físicos e matemáticos capazes de promover a descrição e análise de sistemas complexos, com aplicações em ciência e engenharia: otimização, problemas inversos, modelos estocásticos, modelagem, processamento e análise de dados científicos. Tem como meta promover a interação sinergética de diferentes domínios do conhecimento, provendo ferramentas para investigar fenômenos complexos que, até recentemente, não poderiam ser tratados dentro do domínio estrito das disciplinas estabelecidas.